Higiene íntima e sexualidade

Estar limpa, sentir-se bem e fresca… Se é indispensável ter uma higiene íntima adequada em qualquer situação do seu quotidiano, as relações sexuais não são uma exceção.

Lembre-se que o ótimo é o inimigo do bom, e de tanto querer fazer, arrisca-se a desequilibrar a sua flora vaginal.

Propormos-lhe alguns conselhos a seguir para conciliar a higiene íntima e a sexualidade.

 

 

A higiene íntima diária

 

  • As boas práticas

A higiene íntima faz-se com as mãos, sem o uso de luvas. Na mulher, deve limitar-se à região da vulva e anal, e efetuar-se da frente para trás. Não deve fazer duches vaginais, pois estes podem destruir a flora microbiana e desencadear infeções e micoses.
No que se refere à higiene íntima masculina, o homem deve concentrar-se essencialmente na glande: o prepúcio deve ser puxado para trás para evitar qualquer acumulação de secreções com mau odor.

 

  • Produtos a utilizar

Privilegie soluções de lavagem suaves que respeitam o pH da mucosa vulvar e anal..

 

  • Produtos a evitar

As soluções de lavagem muito agressivas devem ser evitadas, assim como os desodorizantes íntimos ou perfumes que aumentam o risco de alergias e irritações. Não deverá efetuar cuidados de higiene íntima mais de 2 vezes por dia. DDuches vaginais
Não faça duches ou lavagens vaginais.

 

 

Devemos ter cuidados de higiene íntima antes de uma relação sexual?

 

Aproximadamente 3 mulheres em cada 10 e 1 homem em cada 4 lavam-se antes de terem relações sexuais*. Contudo, do ponto de vista médico esta precaução é ineficaz.
Certas pessoas podem, no entanto, sentir-se mais confortáveis com os seus parceiros se sentirem que estes fizeram a sua higiene.

Neste caso, uma routina de higiene íntima ligeira, , com água e uma solução de lavagem específica é perfeitamente possível. Mas sempre tendo em atenção que não deve efetuar mais de mais de 2 cuidados de higiene íntima por dia.

 

 

Que higiene íntima devo realizar após uma relação sexual?

 

Após uma relação sexual, 40% das mulheres e 30% dos homens têm cuidados de higiene íntima. Também nesta situação, não existe qualquer recomendação clínica nesse sentido, e portanto, nenhuma obrigação.. Um conselho: urine para prevenir qualquer risco de desenvolver uma cistite.

A vagina faz a sua própria limpeza não sendo necessário uma routina de higiene íntima. O excesso de limpeza poderá desequilibrar a flora vulvovaginal.

 

 

* Da higiene íntima à sexualidade. Olhares cruzados homem/mulher. Saforelle, Cuidados íntimos e corporais. http://www.laboratoiresiprad.com/saforelle/wp-content/uploads/sites/2/2014/04/Guide-hygiene-intime-sexualite.pdf

Dr. Gilles Brami

Ce site utilise des cookies pour vous offrir le meilleur service. En poursuivant votre navigation, vous acceptez l'utilisation des cookies.